Sting e Paul Simon juntos em turnê

Um dos aspectos mais incríveis do mundo da música é que, de tempos em tempos, podemos testemunhar acontecimentos que somente trazem gratificação, bem como é possível imaginar encontros e parcerias que sequer saíram do papel, mas que têm tudo para resultar em algo muito bom.

Qual não foi minha surpresa – e, acredito, de todos que estão sabendo da notícia – ao ler que, em 2014 Paul Simon e Sting sairão junto numa turnê? O a1238270.3úncio oficial será feito nesta terça-feira, dia 05, contudo desde ontem já se sabe que há datas agendadas entre 08 de fevereiro e 16 de março, sendo que, provavelmente, mais shows serão adicionados, segundo informações do New York Times.

Os dois, que já foram vizinhos de prédio em Manhattan , há cerca de 20 anos, se dizem tão surpresos quanto o próprio público pela improvável parceria.

Ambos apareceram juntos em maio, num evento beneficente, onde apresentaram “The Boxer”, canção clássica de Simon & Garfunkel e “Fields of Gold”, de Sting. Segundo Simon, após o show os dois se olharam e ele exclamou: “Uau! Isso ficou muito interessante”.

Paul Simon e Sting serão acompanhados por suas respectivas bandas na tour que já tem uma apresentação marcada para o Madison Square Garden. Embora o título simples da turnê – “Paul Simon & Sting: On Stage Together” -, Simon chegou a sugerir “The Sound of Every Breath “.

A motivação para a turnê partiu de um mútuo interesse pela exploração musical e não do ímpeto de um empresário ávido por arrecadar milhões a partir da base de fãs dos dois: “Eu não tenho mais esses caras em minha vida, não sei se ainda tenho uma base de fãs”, disse Paul Simon, ao que Sting respondeu: “Eu sou seu fã, Paul”.paulsimon2013

Eu, como fã dos dois, fiquei muito feliz por esse grande acontecimento. Não é o caso de Sting, mas Paul Simon é um destes grandes músicos que está um tanto esquecido. Ao lado de Art Garfunkel compôs algumas das mais belas canções de todos os tempos, sua combinação sempre foi perfeita e, mesmo após a separação, continuou sendo um músico muito relevante.

Sting, bom, baixista e centro de um dos meus grupos favoritos, o The Police. Um músico pop, mas que sempre transpareceu sua vasta influência, sobretudo do jazz.

Será um grande encontro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: